Construção Civil gerou mais de 100 mil novos empregos no 1º trimestre de 2024

De acordo com os dados do novo Caged, divulgados pelo Ministério do trabalho e Emprego, a Construção Civil, nos primeiros três meses de 2024, gerou 109.911 novos empregos com carteira assinada, o que representou uma alta de 16,85% em relação aos mesmos meses de 2023 (94.065). Com este resultado, o número de trabalhadores formais no setor cresceu 6,46% nos últimos 12 meses, passando de 2,685 milhões em março/23 para 2,858 milhões em março/23.

O resultado positivo no mercado de trabalho na Construção é justificado pelo bom desempenho observado em seus três segmentos. A Construção de Edifícios, de janeiro a março/24, foi responsável pela criação de 45.630 novas vagas, as obras de Infraestrutura geraram 27.286 novos empregos e os Serviços Especializados 36.995.

O País possui 46,236 milhões de trabalhadores com carteira assinada, sendo que a Construção Civil responde por 6,18% deste número (2,858 milhões). No 1º trimestre/23 foram gerados, no Brasil, 719.033 novos postos de trabalho com carteira assinada, sendo que 15,29% deles (109.911) foi no setor. Ou seja, apesar de responder por 6,18% do total de trabalhadores formais, a Construção Civil foi responsável, nos primeiros três meses do ano, por 15,29% do total das novas vagas geradas. Este resultado demonstra a força do mercado de trabalho do setor.

As novas medidas do Programa Minha Casa, Minha Vida, anunciadas em agosto/23, o fato de 2024 ser um ano eleitoral, a redução das taxas de juros, a melhor expectativa para o crescimento da economia brasileira, a inflação sob controle são alguns fatores que ajudam a confirmar um melhor cenário para a Construção Civil. A CBIC elevou para 2,3% a perspectiva de crescimento do setor em 2024.

Os cinco estados que mais geraram novos empregos formais na Construção no 1º trimestre de 2024 foram: São Paulo (37.643), Minas Gerais (13.357), Rio de Janeiro (9.623), Paraná (7.777) e Santa Catarina (7.450). Já as cidades de São Paulo (16.281), Rio de Janeiro (6.913), Belo Horizonte (2.886), Paulínia (2.874) e Goiânia (2.511) foram as cinco com maior criação de novas vagas no setor.

The post Construção Civil gerou mais de 100 mil novos empregos no 1º trimestre de 2024 appeared first on CBIC – Câmara Brasileira da Industria da Construção.