Mercado Imobiliário de Fortaleza e Região Metropolitana registra um aumento de 33% no Volume de Vendas nos dois primeiros meses de 2024

O Sinduscon Ceará revela resultados promissores em sua última pesquisa sobre o mercado imobiliário de Fortaleza e Região Metropolitana, destacando um crescimento significativo no volume de vendas nos dois primeiros meses de 2024. Em parceria com o Senai e a Brain Inteligência Estratégica, a Comissão de Pesquisas apresentou dados que refletem uma tendência de aquecimento no setor.

De acordo com a pesquisa, no acumulado de janeiro e fevereiro de 2024, foram comercializadas 2.260 unidades residenciais em Fortaleza e Região Metropolitana, contra 1.609 no mesmo período de 2023. Um crescimento de 33% no volume de vendas.

Se fizermos o recorte apenas para Fortaleza, temos um crescimento de 24% do número de unidades vendidas. Foram comercializadas 1.432 unidades nos dois primeiros meses do ano. Já em 2023, foram vendidas 1.089 nos meses de janeiro e fevereiro.

No mês de fevereiro de 2024, foram lançados 6 empreendimentos, sendo 5 em Fortaleza e um na Região Metropolitana. Em Fortaleza, até fevereiro deste ano já foram lançados 9 empreendimentos, contra dois lançados nos dois primeiros meses de 2023.

No acumulado de janeiro e fevereiro, os lançamentos do mercado imobiliário de Fortaleza e Região Metropolitana alcançaram o Valor Geral de Vendas na ordem de R$ 1,06 bi.

Fevereiro terminou com 12.495 imóveis de estoque. Sendo 8.733 unidades residenciais em Fortaleza e 3.762 na Região Metropolitana.

O preço médio do metro quadrado em Fortaleza, nos imóveis residenciais verticais (sem incluir os de padrão econômico), aumentou 11% com relação a fevereiro de 2023. Este ano, o metro quadrado alcançou uma média de R$ 11.324.

De acordo com o presidente do Sinduscon Ceará, Patriolino Dias de Sousa, essa pesquisa é fundamental para orientar os investidores e profissionais do setor sobre as tendências e oportunidades no mercado imobiliário local.

PANORAMA DO SETOR

Atualmente, a indústria da construção civil gera mais 74.185 empregos formais no Ceará. A expectativa é continuar ampliando as oportunidades de trabalho e geração de renda para os cearenses. O mercado imobiliário aguarda lançamentos de empreendimentos na ordem de R$ 4,5 bilhões e a expectativa é alcançar a marca de R$ 4,4 bilhões em Valor Geral de Vendas (VGV), em 2024.

The post Mercado Imobiliário de Fortaleza e Região Metropolitana registra um aumento de 33% no Volume de Vendas nos dois primeiros meses de 2024 appeared first on CBIC – Câmara Brasileira da Industria da Construção.