Mercado de trabalho da construção registra resultado positivo

O mercado de trabalho da construção apresentou um resultado positivo pelo segundo mês consecutivo, conforme dados do Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados pelo Ministério do Trabalho. 

Em fevereiro de 2024, foram geradas 35.053 novas vagas com carteira assinada, um aumento significativo de 55,88% em relação ao mesmo período do ano anterior, que registrou 22.487 novas vagas. Com esse resultado, o total de trabalhadores formais no setor cresceu 6,71%, passando de 2,651 milhões em fevereiro de 2023 para 2,830 milhões em fevereiro de 2024. 

Esse desempenho positivo é atribuído ao crescimento dos três segmentos da construção. A construção de edifícios liderou, gerando 13.891 novos postos de trabalho, representando quase 40% do total de novos empregos no setor. A Infraestrutura contribuiu com 9.924 novos postos, enquanto os Serviços Especializados para a Construção foram responsáveis por 11.238 novos empregos. 

É importante ressaltar que, desde 2021, o mercado de trabalho do setor registrou um número de demissões superior ao de admissões em apenas cinco meses: dezembro de 2021; novembro e dezembro de 2022; e novembro e dezembro de 2023.  

No entanto, os resultados negativos nos últimos dois meses do ano são considerados sazonais e previsíveis. Assim, o mercado de trabalho da construção continua contribuindo para a criação de novos empregos com carteira assinada, destacando ainda mais sua importância para a economia brasileira. 

The post Mercado de trabalho da construção registra resultado positivo appeared first on CBIC – Câmara Brasileira da Industria da Construção.