Segurança do trabalho na gestão de funcionários terceirizados

A atividade do setor da construção civil é dinâmica e a terceirização de mão de obra, uma realidade. Para manter a segurança dos processos, é preciso investir na gestão da segurança dos trabalhadores contratados. 

A terceirização apresenta desafios significativos, especialmente no que diz respeito à segurança do trabalho e ao cumprimento das normas regulamentadoras. A chave para garantir uma gestão eficaz baseia-se num programa que deve incluir:

Avaliação de riscos: identificar e avaliar os riscos específicos associados às atividades da construção, especialmente aquelas realizadas por trabalhadores terceirizados.


Treinamento e conscientização: assegurar que todos os trabalhadores, incluindo os terceirizados, recebam treinamento regular sobre segurança no trabalho, práticas seguras e uso de equipamentos de proteção individual (EPIs).


Monitoramento e fiscalização: implementar um sistema rigoroso de monitoramento e fiscalização para garantir que as práticas de segurança estejam realmente sendo seguidas.


Comunicação eficaz: estabelecer canais de comunicação claros e eficazes entre a empresa, os trabalhadores terceirizados e as empresas de terceirização.

A gestão eficiente da segurança dos trabalhadores terceirizados requer uma abordagem de responsabilidade compartilhada. Enquanto a empresa contratante deve fornecer um ambiente de trabalho seguro e assegurar o cumprimento das normas de segurança, as empresas terceirizadas devem garantir que seus empregados estejam adequadamente treinados e equipados.

A implementação das  estratégias corretas na gestão dos trabalhadores, incluindo os terceirizados, ajudam a garantir que tanto a segurança quanto a produtividade sejam mantidas em altos padrões.

The post Segurança do trabalho na gestão de funcionários terceirizados appeared first on CBIC – Câmara Brasileira da Industria da Construção.