CBIC debate fomento à pesquisa e desenvolvimento para construção

Visando fomentar a pesquisa, o desenvolvimento e a inovação no setor, a Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), a Confederação Nacional da Indústria (CNI), o Senai Cimatec e o Sinduscon Bahia se reuniram para traçar alternativas e soluções para melhorar a produtividade e a competitividade da indústria brasileira.

De acordo com o presidente da CBIC, Renato Correia, a entidade tem se voltado para temas como carência de mão de obra, maior segurança aos trabalhadores e industrialização. “A entidade está com esses pontos de atenção e vem desenhando estratégias para superar os desafios e modernizar a construção”, disse.

Alexandre Landim, presidente do Sinduscon Bahia, reforçou que inovar o setor significa aumentar a produtividade, a complexidade do trabalho e a remuneração dos profissionais, tornando o setor mais atrativo. “Inovar o setor passa por pontos como industrialização, sistemas inovadores, digitalização da construção e novos materiais de construção. São pontos cruciais e que exigem investimento em pesquisa e desenvolvimento. Por isso nosso debate sobre soluções e fomento”, contou.

Também participaram do debate sobre o futuro do setor o vice-presidente de Materiais, Tecnologia, Qualidade e Produtividade, Dionyzio Klavdianos; Rafael Lucchesi, diretor de Desenvolvimento Industrial da CNI; Roberto Muniz, diretor de Relações Institucionais da CNI; Leone Andrade, diretor-geral do Senai-Cimatec; o superintendente da CBIC, Aloísio Soares; e a gestora da CBIC Leila Sobral.

The post CBIC debate fomento à pesquisa e desenvolvimento para construção appeared first on CBIC – Câmara Brasileira da Industria da Construção.