Selic cai pela sexta vez consecutiva e juros vão a 10,75% ao ano

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central reduziu, nesta quarta-feira (20), a taxa Selic em 0,5 ponto percentual, passando de 11,25% para 10,75% ao ano. Foi a sexta queda consecutiva, levando a taxa ao mesmo patamar de fevereiro de 2022. Desde agosto de 2023, quando o Copom começou a reduzir o aperto monetário, a Selic sofreu redução de 3,0 pontos percentuais.

De acordo com a economista da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), Ieda Vasconcelos, a queda da Selic é positiva para a construção pois estimula investimentos, melhora o ambiente de negócios e ajuda a conter a fuga de recursos da poupança. “Para o setor, a queda da Selic é satisfatória por vários motivos, entre eles para melhorar o dinamismo da economia, os investimentos produtivos e por ajudar a conter a fuga de recursos da caderneta de poupança, que é uma importante fonte de financiamento”, disse.

Segundo Ieda, a expectativa é que a Selic permaneça em 9% até o final de 2024. “A construção considera essencial a continuidade do ciclo de redução da taxa de juros. A estimativa da CBIC para o crescimento do setor este ano é de 1,3%, o que corresponde a um patamar inferior ao desempenho esperado para a economia nacional”, concluiu.

The post Selic cai pela sexta vez consecutiva e juros vão a 10,75% ao ano appeared first on CBIC – Câmara Brasileira da Industria da Construção.