Indústria Imobiliária promove reunião para balanço de 2023

A Comissão da Indústria Imobiliária (CII) da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) realizou sua última reunião do ano, nesta segunda-feira (11). Durante o encontro, conduzido pelo vice-presidente da Indústria Imobiliária, Ely Wertheim, foram abordados os principais temas debatidos pela comissão durante o ano de 2023. 

O economista assessor do Secovi-SP, Luis Fernando Mendes, apresentou os principais dados sobre o remanejamento do orçamento de contratação em 2023, além do remanejamento dos programas habitacionais.

Outro tema destaque durante o encontro foi o retorno da tributação para os projetos e incorporação de imóveis residenciais de interesse social, o Regime Especial de Tributação (RET) de 1%, a partir da Lei nº14.620/2023. “A aprovação do relatório da Receita avançou de forma positiva, e depois de aprovar a LOA 2024 o setor estará em condições de buscar a regulamentação para o RET 1% para as operações do FAR e do FGTS na faixa 1 do MCMV”, comentou Mendes. 

Durante o encontro, o presidente do Sinduscon-RS, Paulo Zago, apresentou uma análise sobre as mudanças no cálculo do rendimento da poupança. De acordo com Zago, os principais problemas atuais são a  constante variação dos saldos de depósitos da caderneta de poupança, provocada pela falta de sintonia de rendimento em comparação com outros papéis do mercado financeiro, além da baixa competitividade da poupança frente às demais aplicações financeiras. 

“Em 2022, a taxa Selic chegou a 13,75%, com uma retirada líquida de R$ 80 bilhões do SBPE. Já em 2023, apenas de janeiro a novembro, a retirada líquida chegou a R$ 82 bi”, destacou Zago, enfatizando a importância de atenção ao debate no próximo ano. 

Ainda durante o encontro, o economista-chefe do Secovi-SP, Celso Petrucci, destacou os principais dados do mercado imobiliário no 3º trimestre de 2023. O setor registrou alta nas vendas e queda de lançamentos no período. No acumulado de 12 meses, as vendas registraram queda de 3,6% em relação ao acumulado de 2022. Para o economista, o mercado tem respondido bem, apesar do cenário das altas taxas de juros.

Também participaram dos debates o vice-presidente da CBIC, Eduardo Aroeira; o consultor legislativo do Secovi-SP, Pedro Krahenbuhl; e o representante do Sinduscon-RS, Claudio Teitelbaum. 

O evento tem interface com o projeto “Melhorias para o Mercado Imobiliário”, da CII/CHIS da CBIC, em correalização com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai Nacional).

The post Indústria Imobiliária promove reunião para balanço de 2023 appeared first on CBIC – Câmara Brasileira da Industria da Construção.