Live CBIC Economia destaca resultados da inflação do país

Os indicadores como taxa de juros, inflação, custo da construção, captação líquida da caderneta de poupança e expectativas para o próximo ano foram os destaques da economista da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBI), Ieda Vasconcelos, nesta sexta-feira (10), durante live quinzenal transmitida no Instagram da entidade. 

Em relação a taxa de juros (Selic), Ieda Vasconcelos  ressaltou que, desde agosto, ela já sofreu redução de 1,5 ponto percentual, passando, nesse período, de 13,75% para 12,25% a.a. O Copom ainda se reúne mais uma vez  em 2023 , nos dias 12 e 13 de dezembro, e a expectativa, de acordo com a economista, é que a taxa volte a ter uma nova redução de 0,5 ponto percentual, encerrando o ano em 11,75%. Para 2024 espera-se a continuidade do processo de queda. A pesquisa Focus, divulgada semanalmente pelo Banco Central, projeta que a Selic finalize 2024 em 9,25% a.a. A economista da CBIC destacou que as incertezas em relação às contas públicas do País e os juros elevados nas economias desenvolvidas podem impedir uma aceleração no processo de redução da Selic.

A live economia também analisou os resultados da inflação oficial do País, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que é calculado e divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Ieda Vasconcelos destacou que o maior impacto no resultado de outubro, que apresentou alta de 0,24%, foi observado no  preço das passagens aéreas que aumentaram 23,70% em relação ao mês anterior. Nos últimos 12 meses o IPCA aumentou 4,82%.

O resultado do índice de custo da construção calculado e divulgado pelo IBGE (Sinapi), referente ao mês de outubro/23, também esteve na pauta da live desta sexta. O referido indicador aumentou 0,14% neste mês, acumulando alta de 2,20% nos primeiros dez meses do ano e 2,4% nos últimos 12 meses.

Informações sobre a taxa de desemprego no país e dados do mercado de trabalho formal também foram apresentadas, assim como os resultados da captação líquida da caderneta de poupança. 

Em relação às perspectivas para o final de 2023, a economista Ieda Vasconcelos destacou as projeções realizadas pela pesquisa Focus, do Banco Central, que projeta o IPCA em 4,63%, ou seja, abaixo do teto da meta de inflação (4,75%). Também foi apresentada a perspectiva para o crescimento da economia brasileira em 2023 (2,89%). Para 2024  a projeção é de crescimento de 1,50%. 

A live economia é realizada sistematicamente pela CBIC. Acompanhe nossas redes sociais. 

A ação integra o projeto “Inteligência Setorial Estratégica”, realizado pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), em parceria com o Serviço Social da Indústria (Sesi Nacional) e com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai Nacional).

The post Live CBIC Economia destaca resultados da inflação do país appeared first on CBIC – Câmara Brasileira da Industria da Construção.