Roadshow: CBIC debate gestão compartilhada e sucesso dos projetos

Com a missão de aumentar o nível de sucesso dos projetos e  fortalecer as empresas de obras industriais, a Comissão de Obras Industriais e Corporativas (COIC) da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) tem desenvolvido projetos e promovido debates que visam fomentar a melhoria na produtividade dos projetos de construção. 

Pensando nisso, na próxima sexta-feira (27), às 9h30, será realizada a décima edição do Roadshow COIC, em parceria com o Sinduscon-BA, Sinduscon-ES, Sinduscon-RS, Sicepot-RS, com a correalização do Senai e o apoio da FIEB. 

Já reconhecido por profissionais e empresas que atuam na implantação de projetos industriais como um evento que compartilha conhecimento e boas práticas com muita eficácia, esta edição traz temas atuais e relevantes, apontou o vice-presidente de Obras Industriais e Corporativas da CBIC, Ilso Oliveira. 

Para o diretor do Sinduscon-ES, Wellington Pesca, o evento é muito importante para o segmento e traz informações que contribuem para o dia a dia dos prestadores de serviços. “O Sinduscon-ES  participa dessa edição com alegria e motivado a fazer parte desse movimento que compartilha experiências e informações para que tenhamos processos produtivos melhores”, disse. 

Um dos temas abordados durante o encontro será o planejamento 4D, que embora seja reconhecida como excepcional ferramenta para planejamento dos projetos, ainda não é aplicada em grande escala, apontou Oliveira. “Os cases tem o poder de mostrar de forma inconteste os benefícios da metodologia. Pensando nisso, vamos trazer o case do projeto da segunda ponte Rodoferroviária do Rio Tocantins em Marabá, um projeto importante pelo porte, pela complexidade, pela metodologia construtiva, mas notadamente pela importância na logística para o Complexo Minerário  da Vale em Carajás”, explicou Ilso Oliveira.  

O planejamento 4D chega para contribuir com a democratização dos projetos, apontou o engenheiro master da Vale, Uziel Rezende. “Grandes obras contam com o envolvimento de diversos setores como meio ambiente, responsabilidade social, segurança do trabalho, custos, engenharia, contrato, relações de comunidade, planejamento, produção, topografia, entre outros. São muitos setores para o desenvolvimento do projeto. Antigamente, pouquíssimas pessoas entendiam como o projeto seria construído ou conseguiam ter uma visão a longo prazo do resultado. Quando eram necessárias ações, seja por risco de acidente ou dano de um rio ou entrada em área de proteção, só se tomavam atitudes quando a obra estava prestes a acontecer. Isso gerava desgaste, atraso e até paralisação das obras”, explicou. 

“A abordagem do planejamento 4D permite uma maior previsibilidade do projeto e quando isso acontece, se planeja melhor, executa melhor, com menos risco, com mais economia. Além de ter melhor controle de segurança do trabalho, antecipa possíveis interferências”, completou Rezende. 

Um projeto que antes ficava na cabeça de 10% das pessoas que participavam do projeto, agora é possível, por meio de maquetes, aumentar a visualização de como a obra vai avançar, tornando o processo mais seguro e planejado, diminuindo as intercorrências por desconhecimento do projeto, completou. 

Para o avanço do planejamento 4D é preciso vontade e engajamento para o aprendizado, afirmou o gerente de projetos da Vale, José Carlos Gayotto.  “Muita gente coloca a questão de planejamento 4D apenas relacionada à software, mas o principal impeditivo de qualquer inovação e planejamento nesta área, que advém de BIM (Building Information Modeling), é a falta de capacitação e treinamento das pessoas. Temos que fomentar uma curva de aprendizado com as equipes”, disse. 

Ainda durante o Roadshow, a Bahia Mineração (Bamin) compartilhará seus projetos estratégicos, que estão em fase de implantação e têm papel de indutor do desenvolvimento do estado da Bahia.

Clique aqui e participe! 

Confira a programação abaixo: 


9h | ABERTURA – A COIC, seus projetos e suas metas 

Renato Correia – Presidente da CBIC
Carlos Henrique – Presidente da FIEBA
Ilso Oliveira – Vice-Presidente da COIC-CBIC
Alexandre Landim – Presidente do Sinduscon-BA
Wellington Pesca – Diretor do Sinduscon-ES
Rafael Sacchi – Presidente do Sicepot-RS
Claudio Teitelbaum – Presidente do Sinduscon-RS

9h30 | Painel 1 – Planejamento 4D: Case da Segunda Ponte sobre o Rio Tocantins 

Uziel Rezende – Engenheiro Master, Vale
José Carlos Gayotto – Gerente de Projetos, Vale
Fernando Ferri – Coordenador de Projetos, Reta

9h55 | Painel 2 – BAMIN: O Projeto e a Gestão Compartilhada

Alberto Vieira – Diretor de Projetos, Bahia Mineração (Bamin) 

10h20 | Debate 

10h45 | Encerramento 

O tema tem interface com o projeto “Sustentabilidade das Empresas do Segmento de Obras Industriais e Corporativas”, da COIC/CBIC, em correalização com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai Nacional).

The post Roadshow: CBIC debate gestão compartilhada e sucesso dos projetos appeared first on CBIC – Câmara Brasileira da Industria da Construção.