Inovação e digitalização recebe destaque em programa para financiamento

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou, no último dia 27, as condições do Programa BNDES Mais Inovação, anunciado no último dia 31 pelo vice-presidente da República e ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, Geraldo Alckmin. O programa visa apoiar empresas de todos os portes em projetos de investimento e na compra de máquinas e serviços inovadores.

No apoio a investimentos em inovação, tais como planos de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I), o Banco atuará de forma conjunta com a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), oferecendo as melhores taxas para projetos alinhados às missões da Nova Política Industrial, elaborada pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Industrial (CNDI).

De acordo com o Banco, a dotação orçamentária do programa Mais Inovação será de até R$ 5 bilhões por ano, totalizando R$ 20 bilhões em quatro anos. Como divulgado no lançamento da iniciativa, outros R$ 40 bilhões serão viabilizados via Finep com recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT), sendo R$ 20 bilhões em financiamentos e R$ 20 bilhões em recursos não reembolsáveis. As ações são parte, por sua vez, do pacote de R$ 60 bilhões anunciado em julho.

Para compra de equipamentos com tecnologias inovadoras, bens de informática com tecnologia nacional e contratação de serviços tecnológicos, o programa oferecerá condições como taxas a partir de TR + 2,7% a.a., prazo total de até 10 anos, com carência de até dois, e participação de até 100% do valor financiado. Em operações indiretas, realizadas por meio de agentes financeiros credenciados ao BNDES, há ainda o custo financeiro do agente, negociado diretamente com o cliente.

O programa propõe operações tanto na modalidade direta – financiamentos contratados pelo BNDES com o cliente final – quanto em operações indiretas – quando os recursos são repassados por meio de um dos mais de 70 agentes financeiros credenciados ao BNDES, como bancos comerciais públicos e privados, cooperativas e bancos regionais.

(Com informações do BNDES)

The post Inovação e digitalização recebe destaque em programa para financiamento appeared first on CBIC – Câmara Brasileira da Industria da Construção.