Em debate na Câmara dos Deputados, CBIC pede preservação do FGTS

O presidente do Conselho Consultivo da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), José Carlos Martins, participou de audiência pública, nesta terça-feira (3), realizada pelas comissões de Trabalho e de Legislação Participativa da Câmara dos Deputados para debater as mudanças no saque-aniversário do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

Martins mencionou o ato de criação do FGTS, destacando que a razão de ser do Fundo foi criar estabilidade via geração de emprego. Contudo, ressaltou que iniciativas como o saque-aniversário estão transformando este recurso em complemento de renda e consumo ao invés de investimento e poupança.

“Estamos vendo um esvaziamento do único patrimônio que o trabalhador tem para usar em casos de doença, perda de emprego, necessidades especiais e na aquisição da casa própria. O trabalhador está comendo o patrimônio dele. É isso que queremos para a sociedade?”, indagou.

Ele considerou ainda como “inadmissível” essa transferência de renda e que desvirtuou completamente a finalidade do Fundo. “Os orçamentos plurianuais do Conselho Curador do FGTS são feitos de acordo com fluxo e liquidez, evidente que se não houvesse desvios teríamos mais recursos para financiamento, mais empregos gerados e melhoria de vida aos trabalhadores”, pontuou Martins.

Em sua fala final, o presidente do Conselho Consultivo da CBIC fez um apelo aos presentes destacando que é preciso dar condições a essas pessoas que mais precisam de terem uma casa para que elas possam dar mais dignidade as próprias famílias.

The post Em debate na Câmara dos Deputados, CBIC pede preservação do FGTS appeared first on CBIC – Câmara Brasileira da Industria da Construção.