Guilherme Fortes reforça importância dos R$ 40,6 bi do novo PAC para o PI

Na cerimônia de anúncio de obras do novo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) no Piauí pelo presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, nesta quinta-feira (31), no Centro de Convenções de Teresina, o vice-presidente Região Nordeste da CBIC e presidente do Sinduscon Teresina (PI), Guilherme Fortes, ressaltou a importância da iniciativa do Governo Federal, que vai investir R$ 40,6 bilhões em obras e ações nos 224 municípios do Piauí.

“No ano passado o Piauí teve, presidente Lula, R$ 50 bilhões de PIB. Agora nós temos R$ 40 bilhões de novos investimentos com o PAC. São 20% a mais de investimento a cada ano”, destacou Guilherme Fortes.

Desse total, R$ 17,8 bilhões em 96 obras dentro do estado e outros R$ 22,8 bilhões em 25 obras regionais, que ultrapassarão os limites geográficos do Piauí, contemplando outros estados. No total, são 121 obras para o Piauí.

“Este é o momento que estávamos esperando: de colocar o Piauí no olhar de desejo para as indústrias, para o turismo, para as energias renováveis, energias limpas, startups”, frisou o executivo, enfatizando que o PAC é uma janela de oportunidades, por englobar infraestrutura, saneamento, habitação, recursos hídricos, ciência, tecnologia e educação. “É praticamente uma escola para cada município do Estado do Piauí, das que estão sendo implementadas. É muito representativo”, frisou.

Foto: Divulgação do Governo do Estado do Piauí

A cerimônia também contou com as presenças do governador do Estado do Piauí, Rafael Fonteles; do ministro da Casa Civil da Presidência da República, Rui Costa; do ministro do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Wellington Dias, e da presidente da Caixa Econômica Federal, Rita Serrano; além de parlamentares, representantes do Judiciário, empresários, entre outros.

À presidente da Caixa, Guilherme Forte ressaltou a importância da instituição para o desenvolvimento do Brasil. “A Caixa é o único banco que tem uma Vice-presidência de Habitação. Isso é muito importante para o país”, enfatizou.

Ao governador Rafael Fonteneles, que destacou a importância do investimento público como indutor do desenvolvimento e que o Novo PAC cumpre o papel de estimular os investimentos privados e, assim, promover o crescimento social e econômico, Fortes destacou que as obras vão mudar o Piauí de geografia. “Tenho certeza, governador, de que com sua equipe, vamos precisar de mais recursos do presidente Lula”.

Ao presidente Luiz Inácio, o executivo reforçou: “gostaria de deixar claro, presidente Lula, que o setor da construção avalia de forma extremamente positiva a sua presença e a iniciativa do lançamento do PAC atrelado ao Minha Casa Minha Vida, por que é uma oportunidade de trazer recursos públicos para infraestrutura, educação e desenvolvimento do nosso Piauí, junto com o MCMV, atendendo as pessoas que mais precisam, que moram em situação de risco e, por vezes, pagam alugueis caríssimos”.

Guilherme fez questão de assinalar que o setor empresarial – Federação das Indústrias do Estado do Piauí, Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) e Sinduscon Teresina – acredita e apoia o projeto. “Queremos que o nosso Piauí, com seu apoio, se desenvolva. O setor empresarial tanto acredita nesse PAC, bem como no MCMV, que quer deixar registrado que o setor vai transformar o PI”.

Novo PAC no Piauí

De acordo com o secretário Especial de Articulação e Monitoramento da Casa Civil, Maurício Muniz, os recursos anunciados nesta quinta-feira (31/08) serão aplicados em obras e programas distribuídos em nove áreas: educação, ciência e tecnologia; cidades sustentáveis; transporte eficiente e sustentável; transição e segurança energética; ‘Água para Todos’; inclusão digital e conectividade; saúde; inovação para indústria da defesa, e infraestrutura social.

Os investimentos serão usados na construção de creches, unidades de saúde (UBS), linhas de transmissão de energia elétrica, estradas, energias renováveis, moradias, adutoras e barragens. “Os 224 municípios do Piauí vão receber obras. Cada cidadão e cidadã vai sentir e ver os benefícios que o PAC levará para essas cidades”, frisou.

(Com informações da Ascom do Governo do Estado do Piauí)

The post Guilherme Fortes reforça importância dos R$ 40,6 bi do novo PAC para o PI appeared first on CBIC – Câmara Brasileira da Industria da Construção.