Corte na taxa de juros pode causar novo ciclo de boom imobiliário

A queda de 0,5% na taxa básica de juros, a Selic, anunciada na quarta-feira (02) pelo Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom), pode resultar em um novo ciclo de boom imobiliário. A avaliação é do presidente da Associação das Empresas do Mercado Imobiliário de Goiás (Ademi-GO), Fernando Razuk. “É algo que foi bastante esperado pelo mercado imobiliário. Com esta redução, caem também os juros do financiamento imobiliário”.

Pesquisa da Brain Inteligência Estratégia realizada para a Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc) apontou que, para 88,4% dos possíveis compradores de imóveis, é inviável adquirir casas ou apartamentos no Brasil a taxas de financiamento superiores a 11% ao ano. De acordo com o levantamento do Banco Central, as taxas reguladas para o financiamento imobiliário a pessoas físicas ficaram na média em 9,65% em junho.

“O corte da Selic impacta diretamente na redução dos juros do financiamento imobiliário, pois diminui o valor da parcela e, assim, mais pessoas conseguem realizar a compra de um imóvel. Ou seja, aumenta a demanda, que aquece o mercado e, na ponta, a valorização dos imóveis devem se intensificar nos próximos meses”, explica Razuk. “É um momento interessante de se investir em imóveis, pois pode ser o início de um novo ciclo de grande valorização”, completa.

The post Corte na taxa de juros pode causar novo ciclo de boom imobiliário appeared first on CBIC – Câmara Brasileira da Industria da Construção.