CBIC participa do lançamento do Programa Morar Bem em Pernambuco

A Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) marcou presença no lançamento da modalidade Entrada Garantida, do Programa Morar Bem Pernambuco, uma versão local do Minha Casa, Minha Vida, pela governadora do Estado, Raquel Lyra (PSDB), no dia 24/7, no Museu do Cais do Sertão, no Recife/PE, conforme destacou o jornal Folha de Pernambuco desta terça-feira (25/07).

O programa, primeiro do Estado do Norte e Nordeste a subsidiar a compra da casa própria para as famílias que não possuem imóvel, promete movimentar o mercado imobiliário no Estado ao ampliar o acesso à moradia às famílias que recebem até dois salários mínimos de renda (R$ 2.460).

Na compra do primeiro imóvel, o governo local vai garantir às famílias de baixa renda um subsídio de R$ 20 mil de entrada, ou seja, poderão comprar seus imóveis, com valor estimado em R$ 190 mil, sem entrada e com taxas menores. Para os interessados, o cadastro já pode ser feito pelo site da Companhia Estadual de Habitação e Obras (Cehab). Assim que aprovado, o crédito fica garantido pela Caixa Econômica Federal. “A gente quer que Pernambuco mude o seu patamar de atendimento de política de habitação e, com isso, a gente possa garantir mais qualidade de vida para a nossa gente”, frisou a governadora Raquel Lyra.

Presente à solenidade, o presidente da CBIC, Renato Correia, elogiou a iniciativa do governo ao apontar que a falta de habitação no Brasil é imensa. “Nos últimos 14 anos, produzimos só no Minha Casa Minha Vida mais de seis milhões de habitações, e o déficit persiste em seis, sete milhões. A gente precisa se indignar com essas coisas e criar alternativas”, frisou.

Segundo a secretaria Nacional de Habitação (SNH), Pernambuco tem um déficit habitacional de 320 mil moradias. Em uma primeira etapa vai dispor de R$ 200 milhões garantidos através do Fundo Nacional de Habitação de Interesse Social (Fnhis).

“O Governo do Estado estruturou uma política habitacional garantindo recursos para que ela possa ser feita. Essas pessoas (que serão beneficiadas) não tinham condições de dar entrada no imóvel. E aí a família assume a parcela que é normal de aluguel, algo em torno de R$ 350 a R$ 400, garantindo o círculo vicioso de construções em Pernambuco, permitindo gerar emprego e renda e permitindo que a população mais vulnerável tenha acesso a sua moradia”, destacou a governadora.

Segundo a secretária de Habitação, Simone Nunes, além de atacar o déficit habitacional, o Entrada Garantida estimula a economia e a geração de empregos ao impelir o setor de construção civil a lançar novos habitacionais que se encaixem no perfil do Morar Bem Pernambuco e do MCMV: imóveis com valor de mercado de até R$ 190 mil.

Participaram do evento secretários de Estado, os prefeitos de Caruaru, Rodrigo Pinheiro, e de Santa Cruz do Capibaribe, Fábio Galvão, os deputados estaduais Antõnio Moraes (PP), Luciano Duque (Solidariedade) e Mário Ricardo (Republicanos), além de representantes da Fiepe, Ademi e da CBIC, entre outras.

Pela CBIC, também esteve presente a vice-presidente Betinha Nascimento.

Morar Bem no Quintas da CBIC

O Programa Morar Bem – Entrada Garantida será debatido no Quintas da CBIC do dia 27/7, às 17h, no canal da CBIC, no YouTube, com representantes de Pernambuco, que tem como um dos principais objetivos a redução do déficit habitacional no estado.

Garanta já sua inscrição.

(Com informações da Folha de Pernambuco e JC Negócios)

 

Saiba mais, acesse íntegra de matéria sobre o assunto publicadas nos jornais:

Folha de Pernambuco

Folha de Pernambuco Online

JC Negócios

Diário de Pernambuco

The post CBIC participa do lançamento do Programa Morar Bem em Pernambuco appeared first on CBIC – Câmara Brasileira da Industria da Construção.